• A Única com 7 Piscinas

    • Home
    • News
    • Single News

Blog

s_100_metre_freestyle_final-min

História da Natação: Curiosidades e Evolução do Esporte

A natação, ato de nadar, existe há milênios. O homem, por não ser nem aquático nem anfíbio, desenvolveu habilidades que o tornasse capaz de nadar para retirar sua sobrevivência das águas de rios, lagos e mares.

Definir o momento exato do surgimento da natação é impossível. No entanto, devemos crer que esse processo começou a partir das primeiras habitações à beira de lagos e rios, nos tempos mais remotos, quando a sobrevivência do homem dependia disso, seja na busca por alimentos ou na fuga de um perigo em terra. De fato, sabe-se que os povos da Antiguidade eram grandes nadadores: registros mostram que no Antigo Egito, em 3000 a.C., os filhos dos nobres aprendiam a nadar desde cedo. O registro mais antigo sobre a natação remonta às pinturas rupestres de cerca de 7.000 anos atrás.

Embora popular, a natação demorou muito para se transformar em uma competição organizada, e seus estilos foram se desenvolvendo de diferentes formas ao longo da história.

Os quatro estilos foram criados em tempos e por autores diferentes. O primeiro a aparecer foi o nado peito, o francês M. Thevenal desenvolveu os movimentos similares ao executado atualmente, no ano de 1696. Em seguida o costas, elaborado em 1794 por um italiano chamado Bernardi, a princípio os braços giravam para trás simultaneamente. Após 79 anos, o nado crawl ou estilo livre nasceu partir de rotações do corpo e o deslocamento dos braços, através do inglês John Trudgen, aprimorado mais tarde pelo australiano Richard Cavill. Já o borboleta surgiu através do nado peito, que depois de algumas modificações, um competidor húngaro fez brotar o quarto e último estilo, por volta de 1948.

No Brasil

No Brasil, o esporte surgiu, oficialmente, em 31 de julho de 1897, com a fundação da União de Regatas Fluminense. Um ano depois, o Clube de Natação e Regatas organizou o primeiro Campeonato Brasileiro, que consistia em uma distância de 1.500 metros, entre a Fortaleza de Villegaignon e a praia de Santa Luzia, no Rio de Janeiro.

Natação Moderna

De lá para cá, até se tornar um esporte, a natação passou por muitas mudanças assim como o homem.

Durante esse tempo aconteceu de tudo um pouco no mundo da natação. Um exemplo disso foram as descobertas tecnológicas para o aperfeiçoamento do esporte, como na medicina, nos trajes que os nadadores usavam, a eliminação dos pelos do corpo, etc. Os trajes modernos, por exemplo, fizeram com que o atrito entre nadador e água diminuísse bastante o tempo para as quebras de recordes a cada edição dos Mundiais e das Olimpíadas, uma vez que um milésimo de segundo é fator determinante na vitória.

Curiosidades

– O primeiro torneio de natação ocorreu com uma prova de 440 jardas, na Austrália, em 1858.

– O hábito de competir em piscinas só começou na década de 1930. Coube à Federação Internacional de Natação (Fina) determinar as medidas oficiais das piscinas de competição.

– As competições internacionais de natação são organizadas pela Fina (Federation Internationale de Natation), criada em 1908.

– As mulheres só puderam competir nas Olimpíadas de 1912, em Estocolmo, na Suécia. A primeira campeã foi a australiana Sarah Funny Durack.

– No Brasil, quem organiza as competições oficiais é a CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos).

– Você pode queimar até 650 calorias durante um treino intenso com mais de 40 minutos.

– Comemora-se em 8 de abril o Dia da Natação.

facebooktwittergoogle_plusmailby feather

Deixar um comentário:

Fale pelo Whats!