• A Única com 7 Piscinas

    • Home
    • News
    • Single News

Blog

bigstock--182845801-min

Sono Para Bebês e Crianças (Parte I)

Os bebês, durante os primeiros nove meses de vida, já estão imersos em um ambiente predominantemente aquático. Eles já estão adaptados a esse meio líquido desde a gestação e são capazes de executar diversos movimentos natatórios.

A importância do sono

Segundo pesquisa, até os 3 anos de idade, o descanso é necessário para que a criança se desenvolva bem, pois revitaliza, relaxa e aumenta a disposição.

Bebês

Assim que o bebê nasce, normalmente a rotina é mamar, dormir e brincar. Com o passar do tempo, o bebê fica mais tempo acordado. Aos 3 meses, geralmente o bebê tira as sonecas na parte de manhã e tarde e assim como esses cochilos são importantes para o desenvolvimento das crianças, uma boa noite de sono também é.

A ausência do sono, de acordo com estudos, mostra que pode haver distúrbios de comportamento como ansiedade, irritação, menos interesse e habilidade para resolver problemas, entre outros.

A Universidade de Massachusetts mostrou em um estudo recente que, as crianças que tiram uma soneca à tarde são mais inteligentes e têm melhor memória.

Quando criança

Aos 2 anos, a soneca passa a acontecer apenas 1 vez por dia e se mantém assim até os 3 anos. Durante essa fase, o cochilo geralmente não passa de 1 hora. Por volta dos 4 anos, a criança pode nem ter mais a necessidade de tirar uma soneca. Mas é claro que isso pode variar de criança para criança.

Kate Williams, especialista em educação que acompanhou um estudo de hábitos de sono em crianças de 0 a 5 anos  afirma “Uma em cada três crianças têm problemas de sono e, é claro, que nem todas elas demonstraram uma performance pobre no ajuste à escola, mas o risco de os professores notarem que elas tinham dificuldades nesse ajuste era maior”.

A natação para bebês e crianças

A natação para bebês estimula o aspecto psicomotor, respiratório e melhora o sono. As aulas, têm, em média, duração de meia hora, e incluem atividades lúdicas com músicas e brinquedos para obter os resultados propostos para essa faixa etária. Os benefícios da natação podem ser sentidos logo nas primeiras semanas de prática. Logo de cara, as crianças se alimentam melhor e a qualidade do sono também melhora.

Normalmente a mãe ou o pai acompanham os pequenos na piscina e é possível notar a felicidade nos rostinhos dos bebês e crianças quando estão na água.

Os exercícios na água trabalham o equilíbrio, ensinam a mergulhar e fazer diferentes posicionamentos na água, respeitando os limites de cada bebê.

De acordo com a pediatra Mônica Vasconcelos, a atividade na água é positiva para os bebês porque aumenta a função cardiorrespiratória e melhora o sono. “Após o exercício, a criança fica mais tranquila porque o contato com a água gera esse efeito relaxante. Além disso, o bebê está adaptado com a água devido ao ambiente intrauterino.”

Depois do exercício, o sono é mais profundo e reparador e isto proporciona maior liberação de substâncias reparadoras, como o GH. Para crianças, o sono é fundamental para um bom crescimento e desenvolvimento.

Todos aqueles que praticam esportes aeróbicos como a natação, dormem melhor e a natação acaba ajudando não somente no sono dos bebês, mas, consequentemente, no sono dos pais.

facebooktwittergoogle_plusmailby feather

Deixar um comentário: