A evolução do seu corpo com a natação

Nós já falamos diversas vezes aqui em nosso blog sobre como a natação oferece benefícios à saúde. Uma das matérias mais lidas a respeito, inclusive, é a “Natação: 10 benefícios que você não sabia!”, (vale a pena a leitura). Mas você sabe exatamente quais mudanças que este esporte traz para o seu corpo? Além do gasto energético que contribui para a perda de peso e a melhora significativa de doenças respiratórias, a natação modifica a musculatura proporcionando a famosa definição corporal.

“Na natação, é comum que o atleta tenha ombros largos e braços fortes para poder desenvolver o nado de maneira rápida. As pernas, embora utilizadas, participam menos do que em outros esportes, como no futebol. Se o nadador for velocista, terá músculos definidos. Se participar de maratonas aquáticas, terá maior quantidade de gordura e músculos resistentes”, aponta o Dr. Ricardo Nahas, médico do esporte e coordenador do Centro de Medicina do Exercício e do Esporte do Hospital 9 de Julho, de São Paulo.

Saiba quais as outras mudanças que este esporte vai acarretar em seu corpo, continuando a leitura.

#1 mês: Adaptação

No primeiro mês de natação o seu corpo estará passando por um processo de adaptação, ou seja, a descoberta e ambientação ao meio aquático. É nessa etapa que você irá conhecer os estilos e técnicas de nado. Também irá aprender a ter equilíbrio, a respirar corretamente e também a imersão, propulsão e saltos. A coordenação dos movimentos irá melhorando e consequentemente a qualidade do gesto motor, que mesmo nas fases seguintes serão aperfeiçoadas e refinadas.

#2 meses: Resistência, força muscular e flexibilidade

A partir do segundo mês de aula, seu corpo começará a ganhar mais resistência, ou seja, você conseguirá nadar por mais tempo e aproveitará melhor os ensinamentos dados pelo professor.

A força muscular está inteiramente ligada aos estilos do esporte: Crawl, Costas, Peito e Borboleta. Cada um deles trabalha uma parte do corpo e, consequentemente, colabora para o aumento de massa em uma determinada região.

– Peito: trabalha o músculo das costas e a batata da perna;

– Costas: trabalha os músculos das costas, glúteos, barriga, peito e parte traseira das coxas;

– Crawl: auxilia na definição muscular das costas e braços;

– Borboleta: fortalece ombros e braços;

É também a partir do segundo mês que o seu corpo se tornará mais flexível, ou seja, você ficará mais ágil na hora de praticar cada estilo.

#3 meses: O corpo libera mais endorfina e o metabolismo se acelera

A partir deste terceiro mês o seu corpo libera mais endorfina, ou seja, um neuro-hormônio endógeno (produzido pelo próprio corpo), da glândula hipófise que traz vários benefícios, como aumento de disposição, melhora no sistema imunológico e alívio de dores.

Combinado com o trabalho de velocidade e com o de endurance (distância), o metabolismo se acelera, fazendo com que você atinja seus objetivos gradualmente.

#4 meses: A queima de gordura cresce

A natação é um dos esportes que mais colabora para a queima de gorduras. Confira o artigo “Aulas de natação ajudam a emagrecer” e saiba mais sobre como atingir os seus objetivos praticando esse esporte.

#5 meses em diante: Os músculos ficam mais definidos e mais fortes

Com a resistência da água e os movimento da natação, você vai conseguir FORTALECER os músculos do abdômen, lombar, pernas, panturrilhas, costas e braços. Lógico que isso só será possível com um treino constante e nos 4 estilos olímpicos. A musculatura fica mais forte e tende a ficar mais definida com a queima da gordura alcançada, mas conforme a individualidade de cada um e o tipo de treino.

Siga nossas redes sociais e acompanhe nosso blog para mais informações sobre natação:

https://www.amaralnatacao.com.br/blog/

https://www.instagram.com/amaral_natacao/

https://www.facebook.com/natacaocuritiba/?fref=ts

Amaral WhatsApp
Enviar Mensagem para Amaral